30 de jun de 2012

Abc Sintho

A felicidade só é verdadeira quando compartilhada.

Se a cabeça cresce com as verdades que nela entram,
Se a garganta aquece com as bebidas que nela descem
Se o sorriso se faaaaaaaz, com um flash que se desfaz
Se a gente se encontra n'alma do outro, no sorriso do outro,
no abraço do outro, na alegria do outro.
Se assim vivemos nossos dias
compartilhando vida, que
é impossível sem poesia.
Se, só faz sentido
Se tem sentido
Se a vida não
 tem sentido,
se a vida é
 sem sentido
Eu dou
para ela
o sentido!
a-b-c-d-eu
Eu sinto
AbCintho.

A felicidade só é verdadeira quando compartilhada. (Frase do filme: Na natureza selvagem)

24 de jun de 2012

Poemas do Affonso Romano de Sant'Anna


Amor e medo

Estou te amando e tenho medo.
Estou te amando, sim, concedo.
Mas te amando tanto
que nem a mim mesmo
revelo este segredo. A.R.Sant'Anna

Flor & Cultura

Meu conceito de jardim
determina
o que é praga
ao redor de mim. A.R.Sant'Anna


15 de jun de 2012

Sexta-feira

Hoje o dia para mim foi improdutivo, ao menos a tarde, mas a noite promete!
Começarei ouvindo os trabalhos dos alunos sobre arte, música, arquitetura, pintura, escultura, literatura, etc. no Renascimento;
Na sequência "A Declaração dos Direitos Humanos Universais" e um pequeno teste de avaliação;
Logo após rumaremos para a Grécia com retrospectiva do conteúdo, exercícos de fixação e trabalhos;
Por fim, socializarei com o Zé algum poema da língua inglesa e comentarei por breves minutos as leituras que estou fazendo: Getúlio: dos anos de formação à conquista do poder (1882-1930), HHhH ou Himmlers Hirn heisst Heydrich e o Planalto e a estepe. Para fechar a noite, ficaremos entre:

 A informante  ou Albert Nobbs 
E assim seremos felizes para sempre. "Todos se sentiam úteis, sem noção de serem quase inúteis. Gente feliz, portanto." Pepetela.

11 de jun de 2012

Apocalypto

Final de semana assisto o filme Apocalypto.
Perco o sono, bebi demais.

"O homem sentou sozinho numa tristeza profunda.
E todos os animais se aproximaram e disseram:
- Não gostamos de ver você tão triste!
“Peça-nos o que quiser e você o terá.”
O homem disse: “ - Quero ter boa visão.”
O abutre respondeu: “Terá a minha.”
O homem disse: “ - Quero ser forte.”
A onça disse: “ - Vai ser forte como eu”
Então o homem disse: “ - Quero saber os segredos da terra.”
A serpente respondeu: “ - Vou revela-los à você.”
E assim foi com todos os animais.
E quando o homem tinha tudo que eles podiam dar... ele partiu.
E então a coruja disse aos outros animais:
“ - Agora o Homem sabe muito e pode fazer muitas coisas.”
“De repente tenho medo.”
A corça disse: “ - O Homem tem tudo o que precisa.”
“Agora sua tristeza vai acabar.”
Mas a coruja respondeu: “- Não! Eu vi um vazio no homem. Grande como uma fome que ele nunca vai saciar. É isso que o deixa triste e isso que o faz querer mais.”
Ele vai pegando e pegando.
Até um dia em que o Mundo dirá:
“Não mais existo e nada mais tenho para dar.”

Filme: Apocalypto

5 de jun de 2012

Dalton Trevisan


"Na cama, diz o marido:
-Você é gorda, sim. Mas é limpa.
-...
-Você é feia, certo? Mas é de graça.


                           ***

- E eu? Não sou mais velho que a minha jaqueta?
Será que vai me dar para os pobres?"
 

Dalton Trevisan

2 de jun de 2012

GuEs

dan
      ça

a
chuva
em tardes, noites.
O som ritmado (...)
não acorda as gotas que já dormiram.

Beto Carrero


Diego não conhecia o mar. O pai, Santiago Kovadloff, levou-o para que descobrisse o mar.
Viajaram para o Sul.
Ele, o mar, estava do outro lado das dunas altas, esperando.
Quando o menino e o pai enfim alcançaram aquelas alturas de areia, depois de muito caminhar, o mar estava na frente de seus olhos. E foi tanta a imensidão do mar, e tanto fulgor, que o menino ficou mudo de beleza.
E quando finalmente conseguiu falar, tremendo, gaguejando, pediu ao pai:
         Me ajuda a olhar! Eduardo Galeano. O livro dos abraços.

A melhor parte da viagem para mim, foi a felicidade estampada no rosto e verbalizada nas palavras, dos alunos que ainda não conheciam o MAR.