30 de abr de 2008

Peso da Esperança ou Acordar

Minha lágrima tem o peso da saudade
Saudade do que nunca mais voltará
Saudade nas lembranças presentes
Adormecidas no passado

Meu olhar tem o tamanho do vazio
Do vazio que absorve tudo
De tudo que se dissolve no mundo
Para se fazer recordar

Meu olhar é como cachoeira
No coração há uma nascente
Todo dia jorra abundantemente
Um lágrima, de repente pesa, vertente

Tem o peso da esperança...
a lágrima cai
Retumba como um raio no ar
anunciando o relâmpago!!!!!
transborda no mar
e me faz acordar.

Um comentário: