3 de jun de 2008

Dama

Sou uma chama que escorrega como lama, buscando o ardor e a vida que conclama, proclama, quer se encontrar...

Sou um jogo, essência, ausência, um sêr que ama, saio da cama e me transformo em uma dama, paro de chorar...

Sou a voz do que clama, sou o leite de quem mama, vida profana, insana, só quer gozar...

Sou tudo e nada nesta breve jornada.

A dama esconde nos seus corações, desejos impublicáveis, vícios incontroláveis, instintos não tão amáveis e um labirinto infinito e obscuro de pontos de interrogações!!! .... ????????

Seja razoável dama! Prudência, clareza, precisão, não conseção, persuassão. Pense antes de agir, nunca tome uma decisão sem pensar....se não cairás e talvez nunca mais consigas te levantar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário