26 de jul de 2009

Inverno

Êta frio !!! Está frio ...
Fria está a noite e o dia
fria é também a chuva!
Frio é o vento que sopra
Frio é o verbo que sopro

Frio são os livros que leio, não leio.

Rubem Braga, aparece com "O Desaparecido" pincelando sobre o frio.
Frio é o momento, frui meu pensamento: Pensamento quente, como o sangue de gente, como a vida que esvai, como as histórias dos livros, como o escarro que cai. @!!*#/+!.

********************************
O desaparecido - Rubem Braga
********************************

"Tarde fria, e então eu me sinto um daqueles velhos poetas de antigamente que sentiam frio na alma quando a tarde estava fria, e então eu sinto uma saudade muito grande, uma saudade de noivo, e penso em ti devagar, bem devagar, com um bem-querer tão certo e limpo, tão fundo e bom que parece que estou te embalando dentro de mim".

2 comentários:

  1. Adoro seu blog.
    Sem mais, linkei você no meu.

    Beiijos, continue postando essas coisas lindas, por favor.

    ResponderExcluir
  2. Jéss,
    Um elogio!? Neste dia friiioo !!!
    Se elogias eu me incho, me encho, me acho!
    E cheia, me aqueço, ocupo os espaços ...
    todinhos.... e aquecida adormeço,
    e dormindo começo novamente a sonhar.
    Obrigada Jéss, por me ajudar a sonhar e me "achar"
    Bei Jô

    ResponderExcluir