27 de jul de 2008

É di Som



Minha vida andava deprimida,
sentida sem sentido
vazia sem glamour
caminho sem destino
Minha vida ia para lugar algum...ainda se fosse nenhum?
Minha vida estava me consumindo: introspecção sem ação, vontade sem potência, querer sem ter, ser sem saber. Experiência, experiência, iência, en, ex, eu!
Descobri então que não era
di histórias ou leituras; di viagens e ternuras;
di sexo e mistério; di cinema ou baboseira,
eu precisava com tom era e é, di som!

Nenhum comentário:

Postar um comentário