30 de mai de 2009

Sem título

Tudo me invade e perfura
às vezes amargura
Nada segura, seguro
eu mesma me perfuro
e asseguro

O corpo quebra
requebra
numa dança
frenética

que agride
transgride
fico estonteada
às vezes calada
com tanta informação
sedução que perdura,
mas fura,
mais fúria!
O velho ditado diz: "a sua liberdade termina onde começa a do outro", mas um outro afirma: "A sociedade é o que potencializa a liberdade individual e esta, longe de parar como diante de um marco, diante da liberdade de outrem, encontra aí sua confirmação e sua extensão ao infinito."
Fonte imagem :
www.capivari.sp.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário