29 de jun de 2009

Sem inspiração para um título

Tantos sonhos sonhados

Tanta espera perdida


Tanta espreita pranteadatão pouca torcida.

As coisas não mudam, nós é que mudamos. O início de um hábito é como um fio invisível, mas cada vez que o repetimos o ato reforça o fio, acrescenta-lhe outro filamento, até que se torna um enorme cabo e nos prende de forma irremediável, no pensamento e ação. (Orison Swett Marden)

2 comentários:

  1. Obrigada pelo comentário no meu blog!
    Eu estava lendo uns posts antigos aqui no seu, e gostei, vou seguir :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá Jéss,
    Gostei do seu blog também, li algumas de suas postagens, li muitas das tuas imagens, e no ano que vem farei mais uma viagem, para tua cidade.
    Daqui do Rio Grande do Sul, também seguirei você!

    Beijos

    ResponderExcluir