30 de jun de 2009

Sonho roubado

Através das nuvens o Sol passou
No buraco das janelas penetrou
Aqueceu o olhar
Ardeu a retina

Seu sonho foi roubado,
Também sua rotina.

Olhou para o buraco
viu o céu,
enquanto ainda podia olhar,
o mel se foi,
começou a sangrar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário