22 de nov de 2009

Lavoura arcaica

O filme apresenta uma contestação dos valores tradicionais através do personagem principal.
O personagem principal se afasta da família e ao retornar ocorre um choque entre os valores tradicionais e os valores modernos provocando uma ruptura da própria família, com o assassinato de um membro desta. A entrega ao desejo e à vida, à saude, à vontade, à libertação do próprio corpo, à sorte, resulta num 'sacrifício', no assassinato, na morte.

"- Toda ordem traz uma semente de desordem, e a clareza uma semente de obscuridade....
- É muito estranho o que estou ouvindo.
- Estranho é o mundo, pai, que só se une se desunindo. Erguido sobre acidentes, não há ordem que se sustente."
"O galho da direita era um desenvolvimento espontâneo do tronco, desde as raízes; já o da esquerda trazia o estigma de uma cicatriz, como se a mãe, que era por onde começava, fosse uma protuberância mórbida pela carga de afeto".

Tradição, paciência .... como virtude X Ruptura - impaciência, brevidade como obceno/suspeito.
Um filme que me fez lembrar, recordar minha tenra idade, um filme que me fez sentir o cheiro, as vontades, as angústias, os medos, trouxe flash back de lembranças que não deixam saudades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário