5 de jan de 2009

Sessão Inaugural da Academia Galega da Língua Portuguesa


Evanildo Bechara

Cinco poemas de ”Cartografia”, de Óscar de Lis

'enquanto o português estiver vivo o galego não pode morrer'. Ernesto Guerra da Cal

Nenhum comentário:

Postar um comentário