4 de jan de 2009

Recordações ou histeria vazia

Mitos são sonhos públicos,
Sonhos são mitos privados.
Joseph Campbell

Queria ter as portas do meu inconsciente vazias, abertas, alargadas, escancaradas para poder escrever...Entretanto o que tenho, é uma história consciente Delles!
Quem são elles? Eu não sei, ela não sabe, ninguém explica...
Até alertaram-me para não falar delles, nem escrever no blog, pois poderia ser perigoso. Entretanto é madrugada e nesta hora, já não tenho mais medo de nada. Cá estou escrevendo...
Elles atacaram misteriosamente o consciente inconsciente Dela (minha tia). Ela já não sai mais de casa, pois sempre que se aventura a sair, elles entram e silenciosamente se instalam na antiga casa... Mexem nas louças, tiram as coisas do lugar e brincam com as lembranças pessoais dela.
O portão enferrujado é trancado, afivelado com um cadeado novo, arame farpado é colocado, óleos que sujam as mãos dificultam a entrada, mas elles não respeitam os entraves. Basta ela colocar o pé para fora, que elles colocam-se do lado de dentro. Agora ela vive confinada em sua própria casa, na grande cidade, e por enquanto elles a deixam ocupar os espaços. Temo o dia em que elles ignorarão sua presença e tomarão os aposentos, ocupando a velha casa em uma tentativa desesperada de ocupar os espaços vazios.

Minha inspiração foi Dela e Dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário