12 de abr de 2009

Ritos de sangue


'O soldado de Cristo mata com segurança e morre com mais segurança. Serve a seus próprios interesses ao morrer e aos interesses de Cristo ao matar! Não é sem uma causa que ele empunha a espada!' - São Bernardo.
In.: EHRENREICH, Barbara. Ritos de sangue. Rio de Janeiro: Record, 2000. 292 p.

Difícil explicar a guerra
Com todos os seus porquês
Difícil manter-se impassível
Diante de um mal descabível

Rilke na guerra se inspirou
Anatole Fance, aos 70 anos, se alistou?...
Isadora Duncan lembrou:
(Não obstante a todo massacre e dor)
-Sentiu uma emoção pela guerra
similiar "a paixão e ao ardor"

O teórico de psicologia da multidão
Gustave Le Bon, observa
com aRrogância ....prepotência....

"No meio da multidão, os idiotas, os ignorantes
e os invejosos se livram do sentimento de sua insignificância
e impotência
e ficam dominados pela idéia de uma força passageira
e brutal, mas intensa."

Disponível em: EHRENREICH, Barbara. Ritos de sangue. p.21-23

Um comentário:

  1. "Seria deus alguém que despreza o choro dos fracotes que necessitam de um sentido para vida?
    Que provoca o deserto do absurdo da alma?
    Você como profesor deve saber que existe uma grande diferença entre a teoria e a prática.
    Um discurso pode ser apenas um discurso, e nunca pasar disso.
    Todos temos o direito a percepção e visões de mundo diferentes.
    Você dia não a um filho, e mesmo assim ele te contrária e FAZ...
    Você de alguma forma o castiga..ele insiste e faz a coisa errada.[Então, finalmente você o deixa agir por si mesmo..sabe que ele vai errar...sabe que ele vai se machucar..você pode até chorar..mas é necessário essa dor para sua evolução.Às vezes só dessa maneira o homem cresce.
    Você diria que agindo assim...sua atitude foi motivada pela inveja..pela impotência, pela maldade ou por amor?
    Se Deus rejesse nossas vidas o tempo todo, ele não seria Pai e sim apenas mais um tirano..mais um ditador.
    Onde ficaria o livre arbítrio?
    Procuro não julgar as atitudes humanas, muito menos as divinas..acho que não me credencio para tal.
    Pois:
    "Cuidado com a severidade com que julgas.
    Pois com a mesma inflexibilidade um dia poderás ser condenado"
    mil beijos

    Esse é um comentário que postei no blog de um amigo comum sobre um texto de Epicuro, resolvi enviar-lhe por que vc menciona que ja enviou para alguns Cristãos e nunca obteve resposta.

    Adorei seu blog

    ResponderExcluir