20 de ago de 2008

Inumanidade

Sawney Beane na Escócia
No caminho de Galloway
Margery Lovett e Sweeney Todd
Tortas iguais não se têm

No fim, tudo vira 'balada'
vira filme, vira poema
é muito mais que lenda
é sacro, é mito, é arte
música com cheiro de sangue
não existe preço pra resgate.

e no sufoco de todos os ais
alguns destes casos infames
inspiraram espetáculos musicais!!!

álcool e fome desmedida
regras sociais e morais transgredidas
fome por aventura
aventura por comer
tenho medo do bicho homem
Bicho homem que come...

De Cronos, Tântalo, Polifemo
Passando pelo livro dos Reis
Egito, Congo e Camarões
João e Maria...a Eucaristia!?

Seres demoníacos
opa! dionisíacos ?
homem, homem, homem...
Que estranho o homem!

Alguém me diga: - Por quê?!

Fiz os 'escritos' acima após leitura do livro de : DIEHL, Daniel; DONNELLY, Mark. Devorando o vizinho: uma história do canibalismo. São Paulo: Globo, 2007. 343 p.
__________________________________________________________
Ontem a noite enquanto lia, morcegos ficaram inquietos na garagem do meu prédio e tive medo... Medo do bicho que come, medo do bicho que tem fome!

Nenhum comentário:

Postar um comentário