27 de out de 2008

Barreira

Eu a vi! estava trêmula, chocada, arrependida
voara rapidamente em direção à vida!

uma barreira aguardava no ar
tão cega ao ser feliz, não vira ao voar
que havia uma barreira no ar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário