17 de fev de 2009

Cult

Vinha choramingando pela estrada afora hoje a tarde!!!
Fora os problemas nos calos, dentro as pedras no meu sapato, mas minha indignação e admiração maior era com a quantidade de informações fora, e o meu pequeno mundo interior dentro. Pequeno sim, pois egoista, às vezes pessimista, reducionista e pouco altruista.
Meus choramingos eram tentativas de respostas e muitos porquês:
Por que!!! por que não consigo lêr tudo o que quero?
Por que não consigo entender tudo o que preciso?
Por que não consigo alcançar o que espero?
Por que estou com um passo sempre atrás do outro?
Por que, porque, por que, porquê??????
Foram tantos os porquês, separados ou com acento, sem acento e tudo junto...
De repente...olho pra capa da cult e fico feliz!
Não consegui ainda identificar o Gógol do Tchekhov...mas aquele bando de barbados me deixou infinitamente feliz e por um instante de doce ilusão, esqueci todos os porquês....

Um comentário:

  1. Identificando Gógol, sei agora quem é o Tchekhov!
    http://www.youtube.com/watch?v=aRqzkScxPpw&feature=related

    ResponderExcluir