22 de fev de 2009

Segundos

De olhos fechados, meditava
imaginava e via somente treva
o céu carregado de nuvens,
escondia as estrelas da terra

Um piscar de desconcentração
Um piscar de pura ilusão
Fez com que eu pensasse já ser dia!

Era apenas a resposta de um relâmpago,
que num segundo iluminou a escuridão
e que se transformou em poesia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário