12 de fev de 2009

Contra Gotas

Teu silêncio me perturba e me conforta
penetra até a divisão da minha alma,
atinge meu pensamento como a força do ar

balançando meu sentimento
as lágrimas saltam do seco
desajeitadas, desajustadas
mal sabem inda rolar

a chuva cai na vidraça
tocando gota na gota
ambas almejam ser mar
para nunca mais secar

Nenhum comentário:

Postar um comentário